Colocar o bem comum em primeiro lugar e atuar sempre que possível para promovê-lo é dever de todo cidadão responsável.
Nataliia Tkachenko presenteando a Ministra Cristiane Britto com a bandeira da Ucrânia
O Presidente do Instituto PluriBrasil, Igor Shimura, fazendo uso da palavra na cerimônia.
Encerramento da cerimônia: Igor Shimura (Instituto PluriBrasil), Ministro Carlos França (MRE), Ministra Cristiane Britto (MMFDH), Secretária Mariana Neris (SNPG/MMFDH), Stéphane Rostiaux (OIM) e Secretário Robson Tuma (Ministério da Cidadania).

Na quinta-feira, 23 de junho de 2022, o Instituto PluriBrasil participou, em Brasília, DF, da Cerimônia de lançamento do Aplicativo e Guias de direitos humanos para Migrantes e refugiados no Brasil.

Estiveram presentes no evento os titulares do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Cristiane Britto, e do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Carlos França, além de representantes da Cidadania, Previdência e Trabalho e porta-vozes da Organização Internacional para as Migrações (OIM/ONU).

Ao fazer uso da palavra junto a mesa de autoridades, o Presidente do Instituto PluriBrasil, Igor Shimura, destacou a importância do acolhimento humanizado a refugiados que chegam ao país. Destacou também que as pessoas que passam a fronteira trazem consigo muitas expectativas e sonhos de uma vida melhor, pelo que é fundamental que o poder público e sociedade civil trabalhem em conjunto na recepção e atendimento dessas pessoas.

O evento também contou com a presença de Nataliia Tkachenko, refugiada da guerra na Ucrânia, que apresentou um relato emocionante sobre a sua fuga do país e chegada ao Brasil. Ao final de sua fala presenteou a Ministra Cristiane Britto com a bandeira da Ucrânia, em sinal de gratidão pelo acolhimento brasileiro.  

O Instituto PluriBrasil, através de seu Presidente, fez a coordenação da iniciativa da elaboração e tradução do Guia de Direitos Humanos para o idioma ucraniano, juntamente com as entidades que compõem a Aliança Pró-Ucrânia (Caebe e Associação Abuna). Esse trabalho foi realizado por voluntários ucranianos que vivem no Brasil, devidamente referendados no material lançado: https://www.gov.br/mdh/pt-br/assuntos/noticias/2022/junho/Digital_Cartilha_de_Direitos_Humanos_para_Migrantes_miolo_bilingue_1.pdf  

Para mais informações:

https://www.gov.br/mdh/pt-br/assuntos/noticias/2022/junho/guias-lancados-em-formato-de-aplicativo-e-cartilhas-facilitam-acesso-as-politicas-de-direitos-humanos-para-refugiados-afegaos-e-ucranianos-no-brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortuguêsEspañol